Revista Universo Místico

Autoconhecimento, bem-estar e espiritualidade

Fases da Lua e o ciclo menstrual

Método chamado Diário da Lua Vermelha fortalece autoestima da mulher

Você já deve ter ouvido falar que mulheres são cíclicas. Na verdade, isso significa que cada fase do ciclo feminino – como menstruação ou período fértil – traz alterações nas decisões, nos sentimentos, na disposição, na maneira de pensar e nas escolhas de cada uma. Segundo a terapeuta britânica Miranda Gray, é muito importante que toda mulher saiba a fase que se encontra no momento, e se faça a seguinte pergunta: “como meu ciclo atual pode estar interferindo no meu estado de espírito hoje? O que está me incomodando agora?”. Dessa forma, ficará mais fácil tomar consciência das mudanças de humor que ocorrem ao longo do mês, além de compreender melhor suas atitudes e atender as necessidades de cada momento.
A vida de uma mulher fica muito mais fácil quando ela entende que não carrega consigo uma personalidade única, mas que ela muda conforme sua maturidade e as ocorrências da vida. A mulher possui diversas características que também podem sofrer transformações constantes – assim como a lua, que muda de fases. Ouso dizer que as mulheres não foram feitas para ser entendidas, mas sim apreciadas.
Sendo assim, conheça abaixo alguns métodos baseados nos ciclos menstruais e lunares, que podem ajudar as mulheres a se entenderem e se conhecerem melhor.

Colocando o método dos Ciclos Menstruais em prática

Na filosofia do Sagrado Feminino (ensinamentos sobre o corpo da mulher, o seu emocional, os ciclos femininos físicos e psíquicos), quando a mulher começa a conhecer melhor seus ciclos fisiológicos, ela assume seu lado cíclico, harmonizando a vida como um todo. Então comece a colocar em prática o método dos ciclos menstruais, cuja finalidade é promover equilíbrio interior e entendimento de seus comportamentos, escolhas e sentimentos, além de favorecer o amor próprio, a autoestima, e consequentemente tornar você mais feliz e bonita.

Diário da Lua Vermelha

O Diário da Lua Vermelha é um caderno no qual você colocará todas as informações sobre seus ciclos fisiológicos femininos, assim como suas emoções, pensamentos, sonhos e situações diárias. Nos primeiros quatro ou seis meses, é indicado escrever todos os dias no diário, para que a compreensão sobre seus ciclos seja mais completa.
Na hora de escrever, busque fazer uma associação com a fase que se encontra e as emoções, como possíveis mudanças de humor durante a TPM, por exemplo. Anote também seus comportamentos e pensamentos em determinada ocasião. Depois compare essas anotações com as que foram feitas em outros meses, e veja em quais fases tende a repetir as mesmas atitudes. Dessa forma, você chegará mais facilmente à conclusão de como age em cada fase do seu ciclo.
No entanto, vale reforçar que além do padrão de comportamentos de cada ciclo, ainda existe o seu momento atual, que pode afetar determinadas fases, como o término de um namoro, conflitos pessoais, ansiedade por algo que está prestes a acontecer e diversos outros fatores da vida de cada um.

Ciclo menstrual e as estações do ano

No seu Diário da Lua Vermelha, você também pode associar os seus ciclos às estações do ano. Na cultura da filosofia pagã, as mulheres acreditam que toda manifestação da natureza exerce influência sobre nós. Portanto, é interessante associarmos as mudanças dos ciclos da terra aos nossos. Nesse método, dividiremos o ciclo fisiológico feminino em quatro partes, assim como as estações do ano. São eles:

1. Fase Lútea
corresponde ao período menstrual

2. Fase Folicular pós-menstruação
até 14 dias após a menstruação

3. Fase Ovular ou período fértil
do 14º ao 18º dia após a menstruação

4. Fase Folicular pré-menstruação
cerca de 19 dias após a menstruação até
o primeiro dia do próximo ciclo menstrual

1. Período menstrual (Fase Lútea)

Corresponde ao inverno no corpo da mulher: durante a menstruação, a mulher tende a ficar mais quieta, com menos disposição para trabalhos braçais ou que requerem gastos de energias física ou mental em excesso, semelhantes à estação mais fria do ano. As atividades preferidas nesse momento costumam ser assistir filmes, ler livros e refletir a respeito da vida, no aconchego de casa.

Neste período há também uma maior tendência à chateação, além de menos motivação para correr atrás dos objetivos. As vantagens do período menstrual para muitas mulheres é que, assim como no inverno, as ações nessa época estão mais ligadas à sobrevivência, com mais foco no “aqui e o agora”. Nessa fase a mulher tende a ficar mais racional e lógica. É a época ideal para pensar a respeito daquilo que nos incomoda e encontrar soluções para essas situações.

2. Fase Folicular pós-menstruação (até 14 dias após a menstruação)

Corresponde à primavera no corpo da mulher: com a finalização da fase menstrual, na qual a mulher passa por emoções fortes e entra em contato com todo lixo emocional que guarda em si, ela floresce e começa um período de mais tranquilidade e equilíbrio para exercer as tarefas, que pode ser comparado com as características presentes na primavera. Essa fase oferece mais disposição, vitalidade, criatividade e função mental mais aguçada.

3. Fase Ovulatória ou Período fértil

(do 14º ao 18º dia após a menstruação)
Corresponde ao verão no corpo da mulher: nessa fase a mulher tende a ter mais vontade de curtir seus dias, sair com os amigos, produzir no trabalho, falar e se comunicar melhor. É como se ela estivesse em “férias de verão”. A mulher consegue nesse momento deixar suas atividades fluírem em um ritmo gostoso. O coração parece ficar mais amoroso, a libido mais alta, e a compreensão e a bondade podem preponderar. Mas vale reforçar que o surgimento dessas características depende da personalidade de cada uma.

4. Fase Folicular pré-menstruação

(cerca de 19 dias após a menstruação até o
primeiro dia do próximo ciclo menstrual)
Corresponde ao outono: assim como a Fase Folicular pós-menstruação, a fase folicular pré-menstruação também pode deixar a mulher mais cansada e com menos motivação. Esse período pode ser facilmente comparado ao outono, que possui noites mais longas que o dia, o que pode sugerir uma predisposição maior ao sono e ao descanso.
Também é neste ciclo que a mulher vive a famosa TPM, fase ideal para observar seus conflitos internos, descobrir quais situações “engoliu” sem perceber ou fizeram-na se acomodar. Nesse período, experimente tirar algumas horas extras de sono, pois o organismo pede por descanso para se recompor com mais facilidade, já que o metabolismo está mais lento e até mesmo as atividades devem ser feitas com mais calma e sem pressa. É preciso ficar atenta aos julgamentos, pois nesse período você tende a ficar mais pessimista, detalhista e crítica. Não compare seu rendimento dessa fase com o de outras, pois nesse período você realmente ficará mais lenta, então o ideal é aceitar seu momento para não se frustrar. A vantagem é que sozinha você tende a desabrochar em ideias e criatividade, além de ter mais facilidade em encontrar a solução de qualquer problema, pois tudo ficará mais claro, até mesmo o que antes não queria enxergar.

Enquanto a Terra leva um ano para sentir as mudanças de cada estação, as mulheres passam pelas mesmas transformações a cada 28 dias. E quando elas aprendem a tomar consciência dessas fases e procuram entrar em sintonia com seu corpo e emoções, a vida passa a fluir com mais equilíbrio.

Ciclos Menstruais e Fases da Lua

Um outro método que também poderá usar no seu Diário da Lua Vermelha é a associação do ciclo fisiológico feminino que se encontra (Fase Lútea, Folicular ou Ovulatória), com a fase da Lua no céu. Esse é um método milenar muito sábio, usado pelas sacerdotisas celtas antigas e xamãs. O método costuma ajudar a compreender as próprias emoções e tomar decisões diferentes a cada ciclo.

Para isso, você deverá prestar atenção ao seu período fértil, ou seja, sua Fase Ovulatória. Depois observe qual fase da Lua coincide com o seu ciclo. Se for Lua Cheia, Crescente ou Minguante, então você pertence ao “Ciclo da Lua Branca”. Já se o seu período fértil corresponde à Lua Nova, então você pertence ao “Ciclo da Lua Vermelha”.
Veja abaixo o significado dos Ciclos da Lua Branca e Vermelha:

Mulheres que correspondem ao Ciclo da Lua Branca:
Essas mulheres tendem a ter mais inspiração, energia, paixão, entusiasmo, comunicação, fertilidade e outras características maternais, seja com filhos, projetos ou vida profissional. A energia fértil dessas mulheres está voltada para o mundo material, ou seja, é por meio da aquisição de bens que geram bem-estar para si próprias.

Mulheres que correspondem ao Ciclo da Lua Vermelha:
Essas mulheres tendem a ser voltadas para o seu interior. Sendo mais intuitivas e com uma visão geral aguçada, dificilmente algo passa despercebido por seus olhos, já que enxergam além do que os demais normalmente conseguem ver. Costumam ter uma sensualidade mais exótica, uma liberdade de expressão mais natural e se encaixam menos dentro dos padrões sociais. As energias dessas mulheres são mais voltadas para o mundo mental e intelectual.
Após quatro ou seis meses de anotações em seu Diário da Lua Vermelha – fazendo paralelos entre os ciclos menstruais com as estações do ano e as fases lunares – você terá um guia vivo sobre todas as características que moldam seus ciclos, o que lhe ajudará a se conhecer melhor e ter mais bem-estar e equilíbrio. Experimente!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será compartilhado.